Início > Ateísmo > A secularização e o novo ateísmo

A secularização e o novo ateísmo

Alguns incidentes ocorridos na Inglaterra  são demonstrações da crescente secularização que varre a Europa. Há um processo de eliminação das raízes religiosas desse continente, em especial as raízes cristãs.

No Reino Unido, uma funcionária de uma companhia aérea foi punida por insistir em usar uma jóia em forma de cruz, embora, estranhamente, o turbante do seu colega sikh e o véu de sua colega islâmica fossem tolerados. No fim de 2009, empresas inglesas receberem um guia, elaborado por organismos governamentais e empresariais, com recomendações para não deixarem de funcionar durante o Natal, não promoverem confraternizações e não usarem decoração com motivos religiosos.  O politicamente correto seria desejar “Boas Festas” e não “Feliz Natal”, a fim de não se fazer qualquer referência a Jesus.

Já aqui neste lado do Atlântico,  o Ministério Público de São Paulo propôs uma ação civil pública pedindo uma liminar que eliminasse símbolos religiosos, como os crucifixos, de edifícios públicos, em nome da laicicidade do Estado. Contudo, essa ação já foi indeferida pela Justiça Federal.

O que desperta a minha atenção não é a simples eliminação de objetos religiosos. Procuro observar o que está por trás de decisões como essas.

Sugiro o vídeo abaixo, onde Tim Keller faz algumas observações sobre o Novo Ateísmo. Vale a pena conferir.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s