Início > Anderson Paz, Outros > O Fim dos tempos e as nossas vidas hoje

O Fim dos tempos e as nossas vidas hoje

foto2Em Hebreus 6:1-3, o autor, ao orientar a Igreja a prosseguir rumo à maturidade na fé, expõe alguns pontos que são considerados princípios elementares da doutrina de Cristo:

“Por isso, pondo de parte os princípios elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito, não lançando, de novo, a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus, o ensino de batismos e da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno. Isso faremos, se Deus permitir”.

Esse texto pode intrigar alguns, pois existe uma grande dificuldade em compreender temas como ressurreição dos mortos e juízo eterno como elementares. Esses assuntos são vistos como temas que envolvem muita complexidade. Afinal, existem tantas explicações e detalhes. Contudo, para o autor de Hebreus, esses pontos são tão elementares quanto o arrpendimento ou a fé.

Outra coisa que chama a atenção é o fato de que os apóstolos, em algumas ocasiões, tocavam nesses temas na evangelização, como nos exemplos abaixo:

Doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dentre os mortos (At. 4:2). – Sacerdotes e saduceus impedindo a pregação dos apóstolos.

E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos (At. 10:42) – Pedro pregando na casa de Cornélio.

E alguns dos filósofos epicureus e estóicos contendiam com ele; e uns diziam: Que quer dizer este paroleiro? E outros: Parece que é pregador de deuses estranhos; porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição (At. 17:18) – Paulo pregando ao atenienses no Areópago.

Porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do homem que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos (At. 17:31) – Paulo pregando aos atenienses no Areópago

A dificuldade no ensino desses temas como algo elementar deve-se, efoto3m parte,  à considerável diversidade de teorias escatológicas que têm sido criadas com o passar do tempo. Hoje, pode-se optar entre o pré-milenismo, o pós-milenismo e o amilenismo. Também é possível escolher entre ser um pré-tribulacionista, medi-tribulacionista ou pós-tribulacionista. É incrível a capacidade que temos de, a partir da mesma Bíblia, elaborar uma variedade tão grande de teorias sobre o mesmo assunto.

Com certeza, o ensino dos apóstolos aos novos discípulos não consistia nesse complexo sistema teórico. Era algo mais simples e objetivo, que buscava fortalecer a esperança no Senhor e alertava quanto à necessidade de vigilância (II Pedro 3:1-14).

Para gerar uma reflexão, quero compartilhar aqui um trecho do Didaquê, um antigo documento cristão escrito no século II. O Didaquê aborda o tema escatologia da seguinte forma:

Vigie sobre a vida uns dos outros. Não deixe que sua lâmpada se apague, nem afrouxe o cinto dos rins. Fique preparado porque você não sabe a que horas nosso Senhor chegará.

Reúna-se com freqüência para que, juntos, procurem o que convém a vocês; porque de nada lhe servirá todo o tempo que viveu a fé se no último instante não estiver perfeito.

De fato, nos últimos dias se multiplicarão os falsos profetas e os corruptores, as ovelhas se transformarão em lobos e o amor se converterá em ódio.

Aumentando a injustiça, os homens se odiarão, se perseguirão e se trairão mutuamente. Então o sedutor do mundo aparecerá, como se fosse o Filho de Deus, e fará sinais e prodígios. A terra será entregue em suas mãos e cometerá crimes como jamais foram cometidos desde o começo do mundo.

Então toda criatura humana passará pela prova de fogo e muitos, escandalizados, perecerão. No entanto, aqueles que permanecerem firmes na fé serão salvos por aquele que os outros amaldiçoam.

Então aparecerão os sinais da verdade: primeiro, o sinal da abertura no céu; depois, o sinal do toque da trombeta; e, em terceiro, a ressurreição dos mortos.

Sim, a ressurreição, mas não de todos, conforme foi dito: “O Senhor virá e todos os santos estarão com ele.

Então o mundo assistirá o Senhor chegando sobre as nuvens do céu“.


A maneira simples, objetiva e prática com que esse documento trata assuntos concernentes ao fim dos tempos, pode nos ajudar a refletir em que nosso ensinos acerca dos mesmos temas têm deixado resultados práticos na vida dos discípulos, indo além da mera teoria.

Em Cristo,

Anderson Paz


Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s